Trata-se de um tema muito sério e recorrente no mundo das criptos. As fraudes são muito frequentes principalmente pelos seguintes motivos:

  • o criptoactivo é nativo digital (este é inerentemente intangível);

  • os principais criptoativos são criptomoedas;

  • os ganhos de quem investiu nas criptomoedas no passado, principalmente antes de 2017;

  • a quase anonimato do promotor;

  • o baixo custo de promoção (basta um site e pouco mais);

  • o desconhecimento generalizado sobre as criptomoedas.

Quando se refer a SCAMs (fraudes), muito commumente se está a falar de “Ponzis” ou de “Esquemas em Pirâmide”, mas não são a mesmas coisa.

Os ponzi e as pirâmides têm muitas características semelhantes baseadas em torno do mesmo conceito:

Indivíduos menos esclarecidos ​​são enganados por investidores sem escrúpulos que prometem a eles retornos extraordinários em troca de seu dinheiro. No entanto, em contraste com um investimento regular, esses tipos de esquemas podem oferecer “lucros” consistentes apenas enquanto o número de investidores continuar a aumentar. Assim que o sistema se torna insustentável, o dinheiro desaparece.

Os esquemas de pirâmide e pirâmide são auto-sustentáveis pelo cash-flow, ou seja, desde que as saídas de caixa possam ser compensadas por entradas monetárias. As diferenças básicas surgem no tipo de produtos que os “scammers” oferecem aos seus clientes e na estrutura dos dois estratagemas, mas para ambos os casos o resultado é sempre o mesmo.

Esquemas Ponzi

Os esquemas Ponzi baseiam-se em serviços de gestão de investimentos fraudulentos – basicamente, os investidores contribuem com dinheiro para o “gestor de portfólio” que lhes promete um alto retorno. A remuneração é feita com os fundos dos novos investidores. A pessoa que organiza este tipo de fraude é responsável por controlar toda a operação -> eles simplesmente transferem fundos de um cliente para outro e mantendo a aparência de uma atividade de investimento real.

Este esquema deve o seu nome a Charles Ponzi[1], na história recente – e a maior fraude individual dos investidores nos Estados Unidos – foi orquestrado por mais de uma década por Bernard Madoff, que defraudou investidores em Bernard L. Madoff Investment Securities LLC. Madoff construiu uma grande rede de investidores da qual ele levantou dinheiro, reunindo o dinheiro de quase 5.000 clientes numa conta da qual ele retirava para pagamento das remunerações. Ele nunca realmente investiu o dinheiro conformo prometido e quando a crise financeira de 2008 se instalou, o esquema se tornou insustentável. A SEC avalia a perda total para os investidores em cerca de US $ 65 bilhões.

Esquemas de pirâmide

Um esquema de pirâmide, por outro lado, é estruturado de modo que o intrigante inicial deve recrutar outros investidores que continuarão a recrutar outros investidores, e esses investidores continuarão a recrutar investidores adicionais, e assim por diante. Às vezes, haverá um incentivo que é apresentado como uma oportunidade de investimento, como o direito de vender um determinado produto. Cada investidor paga a pessoa que o recrutou para ter a oportunidade de vender este item. O destinatário deve então partilhar os lucros com aqueles nos níveis mais altos da estrutura da pirâmide.

Diferenças entre os dois

Uma diferença fundamental é que os esquemas de pirâmide são mais difíceis de provar do que os esquemas Ponzi. Eles também são mais bem protegidos porque as equipes jurídicas por trás das corporações são muito mais poderosas do que as que protegem um indivíduo. Um dos maiores esquemas de pirâmide acusados ​​foi com a empresa nutricional Herbalife (HLF). Mesmo que eles tenham sido rotulados como um esquema de pirâmide ilegal e pagaram mais de US $ 200 milhões em danos, seus produtos ainda são vendidos e o preço das ações parece saudável.

[1] https://pt.wikipedia.org/wiki/Charles_Ponzi

Nota sobre o Marketing Multinível (MMM)

  • Esquema em Pirâmide Vs. Marketing Multi Nível

Diferencia-se do chamado “esquema em pirâmide” por ter a maior parte de seus rendimentos oriunda da venda dos produtos, enquanto, na pirâmide, os lucros vêm, apenas ou maioritariamente, do recrutamento de novos vendedores.

Ou seja, a diferença é a ausência/existência de um “produto”. Quando esse produto é digital a situação torna-se ainda mais complicada de detetar.

Mas desenganem-se os que pensam em grandes golpes, estes esquemas vivem também de pequenas migalhas, indivíduos que, pensando que pouco têm a perder, investem com pequenas quantias e, dependendo da fase do esquema, podem até recuperar o investimento, esses também acabem por cair quando:

. optam por reinvestir;

.entram num novo esquema pensando eu estão também na sua fase inicial.

Estes esquemas vivem muito de pequenos contributos -> e se sustentam desta forma

SINAIS DE ALERTA (RED FLAGS)

Alto retorno do investimento com pouco ou nenhum risco – Todo investimento carrega algum grau de risco e investimentos que geram retornos mais altos normalmente envolvem mais risco. Seja altamente suspeito de qualquer oportunidade de investimento “garantida”.

Retornos excessivamente consistentes –  Os valores de investimento tendem a subir e descer ao longo do tempo, especialmente aqueles que oferecem retornos potencialmente altos. Suspeite de um investimento que continue a gerar retornos positivos regulares, independentemente das condições gerais do mercado.

Investimentos não registrados – Esquemas Ponzi normalmente envolvem investimentos que não foram registados na CMVM. O registro é importante porque fornece aos investidores acesso a informações importantes sobre a sua gestão, os produtos, os serviços e as finanças da empresa.

Vendedores não licenciados – As leis de valores mobiliários exigem que os profissionais de investimento e suas empresas sejam licenciados ou registados. A maioria dos esquemas de Ponzi envolve indivíduos não licenciados ou empresas não registadas.

Estratégias secretas ou complexas – Evite investimentos que você não entende ou para os quais você não pode obter informações completas. Não aceite desculpas sobre o motivo pelo qual você não pode revisar as informações por escrito sobre um investimento. Além disso, erros de instrução de conta e inconsistências podem ser sinais de que os fundos não estão sendo investidos como prometido.

Dificuldade em receber pagamentos – Suspeite se você não receber um pagamento ou tiver dificuldade em sacar seu investimento. Tenha em mente que os promotores do esquema Ponzi encorajam rotineiramente os participantes a “rolarem” os investimentos e, às vezes, prometem retornos ainda maiores sobre o montante estendido.

 

Por último qualquer investimento que no título use pelo menos uma das seguintes expressões:

  • Bitcoin Mining (AWS mining, cloud mining, etc…)
  • Binary Options;
  • FOREX.

— outros

Todas as empresas mencionadas acima são consideradas fraudes multinível, porque têm as seguintes caraterísticas:

  • Não existe produto ou é usado como fachada

  • Promete retornos anormalmente elevados e de baixo risco

  • Paga quantias fixas que não estão disponíveis noutras oportunidades

  • Não depende das variações do mercado

  • Requer que faça tarefas repetitivas (que um programa para PC ou app para telemóvel faz) ou sem lógica para ganhar dinheiro

  • Requer uma quantia elevada mínima para levantar (300 dólares ou mais)

  • Têm sedes de fachada, moradas falsas e são difíceis de contactar

  • Não estimulam a venda de produtos, só o recrutamento

  • Requer grandes quantias para entrar

  • Possuem um plano de compensação complicado

 

Fonte: https://ftalphaville.ft.com/2019/02/21/1550725202000/Anatomy-of-a-cryptocurrency-scam/